5 dicas para aprender a programar

0

Quer se tornar um programador, mas não sabe por onde começar? Esse artigo é pra você. A área de TI é uma das que mais cresce no mundo e a demanda por profissionais qualificados é alta. Para aprender a programar e se tornar um programador de sucesso é preciso dar os primeiros passos.

1 – Seja autodidata

Ao longo da sua jornada como programador, você vai precisar estar sempre atualizado. Vai também ter de resolver problemas, bugs em sistemas, encontrar soluções. Para isso, é necessário desenvolver a habilidade de ser autodidata, pesquisas por conta própria e ser curioso. Lembre-se: conhecimento nunca é demais.

2 – Liberte-se dos preconceitos

“Programação é para nerds”, “é preciso ser um gênio da matemática para programar”, “programar é difícil”. Além de negativos, esses pensamentos pessimistas não refletem a realidade. Isso porque, com dedicação e empenho, todos podem aprender a programar. Então, se alguma crença limitante aparecer na sua mente, mande ela embora e foque nos estudos.

3 – Busque conhecimento acessível

Fóruns on line, eventos presenciais, grupos que discutem programação nas redes sociais. Cerque-se de pessoas que trabalham na área e têm conhecimento para compartilhar. Além disso, essa é uma forma de se desenvolver e também de fazer networking. Dessas relações podem surgir oportunidades de jobs no futuro.

4 – Busque conhecimento sério

Para aprender a programar, você não precisa necessariamente fazer uma faculdade. Cursos livres e de curta duração são suficientes para garantir a base do conhecimento. Mas é preciso ficar atento para contratar cursos aprovados pela a Associação Empresarial de Tecnologia da Informação do Brasil (Assespro). A Jornada de Formação em TI da Uniprogram é um exemplo. O curso é on line, à distância e pode te transformar em um programador em quatro meses.

5 – Não pare, não desista!

Por fim, lembre-se que toda carreira precisa ser construída. Mesmo em áreas com demanda alta, essa realidade não é diferente. Para aprender a programar você vai precisar se dedicar, estudar e treinar muito. O cansaço virá, a vontade de “jogar tudo para o alto” também. Mas é nessa hora que a resiliência e a persistência precisam falar mais alto. Siga em frente e seja um grande programador!