O que faz um programador?

0
programador

Aqui no blog nós falamos muito sobre a profissão de programador e a área de tecnologia da informação. Mas você sabe o que um programador faz?

O mercado de tecnologia é que mais cresce atualmente. E esse crescimento também amplia o número de oportunidades de trabalho. As estimativas apontam para uma geração de milhares de novos empregos nos próximos anos na área de TI. Certamente, grande parte dessas vagas serão para a profissão de programador.

O que faz o programador?

Para entender a função do programador, é preciso, antes, entender para que a programação serve e como ela funciona. Então vamos lá: para que um computador possa funcionar, ele obedece uma lógica de comandos – a linguagem de programação. E para que essas linguagens funcionem e direcionem as máquinas para aquilo que se espera delas, é preciso colocá-las na ordem certa. Ou seja: programá-las. Dessa forma, quem coloca a linguagem na ordem desejada é quem faz sua programação – o programador. Basicamente, ele “fala” o idioma das máquinas.

Por que é tão importante?

Você consegue imaginar sua vida atual sem a tecnologia? Desde o despertador do celular ao dinheiro que você saca no caixa eletrônico, tudo o que é feito pelas máquinas foi programado. Isso inclui os aplicativos de celular, o acesso à internet, as redes sociais. Em níveis diferentes, é sempre um programador quem desenvolve os comandos de aparelhos que facilitam nosso dia a dia.

Esses profissionais trabalham com vários tipos de linguagem como html, java, c++, entre outras. E é importante destacar que a atuação do programador não se limita apenas às atividades focadas em computador e celular. Ele também pode trabalhar com sistemas empresariais, programas para academias, mercados e desenvolvimento de games, por exemplo. Além disso, o profissional pode atuar na programação de forma personalizada, atendendo diretamente a clientes no desenvolvimento de sites.

Como posso ser um programador?

Não existe uma idade mínima para começar a aprender programação. Nós já mostramos aqui histórias incríveis, como a da americana Samaira Mehta. Isso mostra que não é preciso, especificamente, cursar uma graduação para começar a programar. Cursos livres e rápidos são uma ótima opção para quem quer entrar no mercado o quanto antes. A Jornada de Formação em TI da Uniprogram pode ser finalizada em até quatro meses – só depende da dedicação do aluno. E o melhor: o curso é on line, pode ser feito de casa, no horário que for mais apropriado para o estudante. E aí, quer ser um programador?