TI Verde: o que é e porque você deve ficar de olho nessa área

0
ti verde

Dia 5 de junho é o Dia do Meio Ambiente e apesar de não parecer possível existe uma grande ligação entre essa área e a tecnologia da informação. Tanto que há uma ramificação dentro da TI só para isso: a TI Verde (ou Green IT, em inglês). Basicamente, ela busca a redução do impacto dos recursos tecnológicos no meio ambiente. Isso inclui desde o descarte correto de peças que não podem ser mais utilizadas até a utilização de equipamentos que economizem energia elétrica. E cada vez mais empresas abrem espaço para profissionais que atuem nessa área.

Tecnologia sustentável

A TI Verde engloba, entre outros aspectos, o cumprimento da legislação ambiental e os diagnósticos dos impactos ambientais de atividades relacionadas à área da tecnologia da informação. Ela segue e desenvolve procedimentos e planos de ação para eliminar ou pelo menos diminuir a agressão ambiental.

Programação na TI Verde

Mas como um programador pode contribuir com o meio ambiente por meio do seu trabalho? Isso vai além de desligar o monitor enquanto toma um cafezinho. Muitas vezes, o programador é responsável por desenvolver sistemas de gestão dentro das empresas. Isso significa que ele pode criar meios de otimizar processos para que sejam mais sustentáveis. Um exemplo prático: desenvolver o sistema de uma empresa de logística para que veículos utilizem trajetos mais curtos nas entregas. Desse modo, eles emitiriam menos gases poluentes na atmosfera. Além disso, geraria também economia para a empresa (com a redução do uso de combustíveis, por exemplo). Certamente um projeto como esse é bem visto por grandes empresas.

Ou seja: ao trabalhar com tecnologia é possível contribuir também com o meio ambiente. E começar a carreira nessa área é muito simples: basta fazer um curso de programação, como a Jornada de Formação em TI.